domingo, 22 de março de 2015

Dicas para queda de cabelos



Diariamente, uma pessoa perde 120 fios de cabelo dos aproximadamente 150 000 que tem no couro cabeludo. Achar cabelo no ralo do banheiro ou na escova é normal, já que o folículo sofre um trauma nessas ocasiões e se rompe. Quando a pessoa nota um volume de fios anormal no travesseiro, no chão da casa ou na mesa de trabalho, é preciso investigar o motivo com a ajuda de um médico. "Todo mundo tem alguma perda de cabelo depois dos 50 anos, aproximadamente. Se o problema se manifestar antes disso, é um sintoma de que algo anormal está acontecendo no corpo", diz o dermatologista Francisco Le Voci, do Hospital Albert Einstein.
Segundo dados da Associação Brasileira de Cirurgia de Restauração Capilar, a queda de cabelo acomete cerca de 25% das brasileiras entre 35 e 40 anos e 50% daquelas com mais de 40 anos. No caso dos homens, de acordo com a Sociedade Internacional de Cirurgia de Restauração de Cabelo, 40% sofrem com isso antes dos 35 anos.
Os cabelos servem não somente para a proteção do crânio, mas também são um importante adorno para o rosto. Toda e qualquer alteração sofrida pelos cabelos e couro cabeludo acaba influenciando também a autoestima e personalidade da pessoa.
Resultado de imagem para queda de cabeloResultado de imagem para queda de cabeloEm vista disso, é importante observar as reações dos seus fios às mudanças emocionais, hormonais e ao uso de diferentes produtos químicos, para que o a queda capilar seja notada logo no início e que assim seu tratamento seja feito o quanto antes. Desta forma, a queda de cabelo pode ter menor impacto negativo na vida de quem sofre com este dilema.

Causas da queda de cabelo em mulher

A perda de cabelos, ou alopecia, é conseqüência de alterações no folículo piloso. Se essas alterações forem não forem destrutivas, ocorre um novo crescimento. Caso contrário, o resultado pode ser a formação de feridas ou atrofia, produzindo alopecia permanente.
A queda de cabelo feminina pode surgir por diversos fatores, inclusive emocionais, como o estresse e a ansiedade. Consequentemente, a calvície feminina pode originar, ainda, outros problemas de ordem emocional, tornando esta situação uma verdadeira bola de neve.

Alteração hormonal

Qualquer deficiência hormonal pode resultar na queda de cabelo. Problemas em glândulas endócrinas como tireoide, suprarrenal e hipófise desregulam o organismo e atrapalham a chegada dos nutrientes aos folículos capilares. "Quando o perfil hormonal do indivíduo é, por alguma razão, defeituoso na qualidade ou na quantidade, o corpo reagirá deixando de fazer o que considera 'desnecessário'. Isso inclui o crescimento do cabelo", explica o dermatologista Valcinir Bedin, presidente da Sociedade Brasileira do Cabelo. Outra alteração hormonal acontece no período menstrual. Além dos hormônios estarem com suas quantidades modificadas, há uma pequena deficiência do ferro, mineral importante para a saúde dos fios. "Para esses casos, é importante seguir uma dieta rica em ferro, presente nas carnes vermelhas, no feijão e nos vegetais verde-escuros", diz Bedin.


Resultado de imagem para queda de cabelo

Dietas rígidas

Quando se segue um cardápio com deficiência de alguma vitamina (como as do complexo B ou a C), carboidrato, proteína ou mineral (como o zinco e o ferro), há uma queda acentuada de cabelo. Para o fio nascer, o folículo demanda uma grande quantidade de minerais, principalmente o ferro. Em dietas rígidas, a falta dos nutrientes pode causar a fragilidade do fio e até a sua queda.

Anemia

A deficiência do ferro, mineral presente na hemoglobina e importante para a produção de glóbulos vermelhos, ambos responsáveis pelo transporte de oxigênio no sangue, pode ser causada por fatores como desregulação hormonal, inflamações, infecções e carência nutricional. Na falta desse mineral, há falta de ar, mal-estar, dor de cabeça, fraqueza, cansaço e queda de cabelo. A perda ocorre porque a anemia compromete a produção de fios e fragiliza os já existentes, por falta de oxigenação no bulbo capilar. Como o cabelo é, substancialmente, formado de proteína, depende do bom funcionamento da hemoglobina.

Doenças virais e bacterianas

Com o corpo mobilizado para enfrentar algum tipo de vírus, como o da gripe e o resfriado, ou uma bactéria, como a responsável pela amigdalite, o cabelo se fragiliza. "A deficiência de nutrientes, que estão voltados para o combate à doença, faz o ciclo do cabelo perder a força na fase do crescimento", diz o dermatologista Francisco Le Voci, do Hospital Albert Einstein.
Resultado de imagem para queda de cabelo

Stress

O stress faz com que o corpo utilize mais energia que o usual, o que pode afetar a produção dos fios. "Os nutrientes necessários para a fabricação de cabelo estão sendo consumidos para gerar energia. Nessa situação, o organismo inteiro perde uma grande quantidade de vitaminas e minerais”, diz o dermatologista Valcinir Bedin. Além disso, o stress faz com que o organismo produza mais cortisol, hormônio que desacelera a divisão celular na raiz. A queda pode chegar de metade a três quartos do total de fios

Resultado de imagem para queda de cabelo

Falta de vitaminas do complexo B

As vitaminas do complexo B são as principais responsáveis por um cabelo considerável saudável. Elas não são produzidas pelo organismo, mas sim oriundas de alimentos como carne, ovo, leite e vegetais de folhas verde-escuras. Essas vitaminas são importantes para o funcionamento correto do metabolismo celular, responsável pela divisão das células e, assim, pelo crescimento do cabelo. "As vitaminas do complexo B podem ser consideradas as mais importantes para a saúde dos fios", diz Bedin.

Características da queda de cabelos

  • Afeta todo o couro cabeludo, com queda de cabelo generalizada;
  • O paciente nota a perda aumentada na escova ou pente e durante a aplicação do xampu ou outro produto;
  • A perda varia de menos de 100 a mais de 1000 fios por dia;
  • Se a causa da queda não se repetir, o recrescimento completo espontâneo, se dará invariavelmente, dentro de poucos meses;
  • Freqüentemente, as mulheres se queixam que o comprimento do cabelo nunca volta a ser o mesmo que o presente antes da gravidez;
  • Febres prolongadas ou altas podem destruir alguns folículos completamente, de modo que apenas a recuperação parcial é possível.

Como identificar a causa da queda de cabelos

O primeiro passo após desconfiar deste problema é procurar um dermatologista. Este especialista vai então proceder com uma checagem completa das possíveis origens da queda de cabelo por meio da terapia capilar
Recomendo:
Tratamento natural para queda de cabelo - Adeus queda de cabelo

Cremes caseiros contra queda de cabelo

Cremes contra queda de cabelo
Cremes contra queda de cabelo
Muito se fala dos cremes milagrosos, produzidos em casa, e com resultados fantásticos. Se você pode economizar para conter a queda de cabelo, por que não tentar? Para que esses cremes apresentem o resultado esperado é importante que exista uma preparação prévia no seu cabelo. Lave bem com o seu shampoo de preferência, enxágue e aplique com o auxilio de algodão. O preparo é simples. Veja abaixo:
- 2 colheres de sopa de amoreira picada;
- 300 ml de água;
- Faça um chá com a amoreira, abafe e espere esfriar;
- Aplique no couro cabeludo com auxílio de algodão;
- Faça uma massagem delicada em seu couro cabeludo;
- Aguarde 30 minutos;
- Lave novamente e deixe-o secar;
- Faça a aplicação duas vezes por semana;
- Evite tomar sol no dia da aplicação.

Massagem contra queda de cabelo

Você sabia que uma boa massagem no couro cabeludo é capaz de fazer com que exista uma circulação maior do sangue na cabeça, e assim, fazer com que o cabelo cresça com mais força e mais saudável? Para isso, basta que após a lavagem do seu cabelo com água fria, você massageie o couro cabeludo com bastante intensidade. Lembra quando foi dito que muitos desses tratamentos poderia ser realizado em casa ou no hotel, por exemplo? Então, esse é um dos casos mais emblemáticos de como pode ser muito fácil combater a queda dos fios com um tratamento caseiro.

Babosa (Aloe Vera) no tratamento contra queda de cabelo

Babosa utilizada Contra Queda de Cabelo
Babosa utilizada Contra Queda de Cabelo
Um dos tratamentos mais comuns contra queda de cabelo é sem dúvidas, a Babosa. Essa planta já é utilizada para esse fim há mais de dois mil anos e para muitos é a melhorsolução caseira contra queda de cabelo. Para utilizar a babosa no seu tratamento caseiro siga os passos abaixo:
- Retire da folha da babosa a “baba” que ela produz (essa “baba” será semelhante, em se tratando e textura, a um gel);
- Bata essa “baba” no liquidificador;
- Passe nos cabelos e na raiz;
- Deixe seu cabelo com uma touca plástica ou de alumínio repousando durante 30 minutos;
- Lave e enxágue o cabelo;
- Faça esse procedimento de uma a duas vezes por semana;
Viu como é fácil? Soluções simples e baratas como essas apresentadas acima podem auxiliar, e muito, na redução da queda de cabelo. Lembro e afirmo: nada vai substituir o tratamento realizado por um médico especialista em queda de cabelo. Caso você não encontre êxito com as indicações dadas acima, o que pode acontecer, procure um médico e faça um tratamento assistido por um profissional competente.

Postado Por: Jaci Santos

Dicas para queda de cabelos

#Compartilhe:

Postar Um Comentario

Facebook
Blogger

Postar um comentário
# Compartilhe

© Traduzido Por: Template Para Blogspot | Thema Seo Blogger Templates